domingo, 23 de setembro de 2018
LS Landri Sales Publicidades
Internacional

03/06/2017 ás 17h33 - atualizada em 21/02/2018 ás 10h20

LS Landri Sales

Landri Sales / PI

7 táticas (quase) inacreditáveis utilizadas para vencer a 2ª Guerra Mundial
A Segunda Guerra Mundial foi um conflito militar mundial que durou seis anos (1939-1945).
7 táticas (quase) inacreditáveis utilizadas para vencer a 2ª Guerra Mundial
Foto/Reprodução

A Segunda Guerra Mundial foi um conflito militar mundial que durou seis anos (1939-1945). O confronto envolveu a maioria dos países, entre eles a Alemanha e a Grã-Bretanha, que em 1940 chegaram a travar uma série de bombardeios, episódio esse que ficou conhecido como a Batalha da Grã-Bretanha, com duração de três meses e meio.


Anos após o conflito, o livro Weird War Two(Estranha Segunda Guerra , em tradução livre) escrito pelo ex-gerente de publicação do Museu da Guerra Imperial, Peter Taylor, revelou diversas táticas que os britânicos chegaram a usar durante os conflitos, entre elas estão coisas bizarras, como o uso de chocolates aromatizados com alho e a criação de botas com marcas dos pés.


Pensando nessas maneiras nada convencionais, nós aqui da redação da Fatos Desconhecidos separamos uma lista com 7 táticas (quase) inacreditáveis utilizadas para vencer a 2ª Guerra Mundial. Confira abaixo. No final não se esqueça de deixar o seu comentário sobre o assunto.


1 – Fezes de animais usadas como explosivos


A organização britânica Special Operations Executive (SOE) como forma de pegar os adversários despreparados e desprevenidos, contava utilizava fezes animais para ocultar explosões. Para isso, colocavam os explosivos envoltos em excrementos, no intuito de disfarça-los.


Certa vez o zoológico de Londres informou que forneceu fezes dos animais para a SOE. Esterco de camelos foram usados em ataques contra o norte da África e até dejetos de mulas explodiram carros na Itália.


2 -Ratos como explosivos


Além das fezes de animais, outra tática adotada por soldados britânicos na luta contra os inimigos durante a Segunda Guerra Mundial foi colocar explosivos em ratos e lançar contra outros soldados. Porém, os alemães acabaram descobrindo o truque utilizado pela Grã-Bretanha e criaram dispositivos mais tecnológicos.


 3 – Chocolates aromatizados com alho


Nem mesmo o queridinho e amado por muitas pessoas, chocolate, escapou das mãos dos britânicos. O alimento feito com base na amêndoa fermentada e torrada do cacau também foi utilizado durante o combate da Segunda Guerra Mundial, porém, de uma forma bastante inusitada.


Eles aromatizaram o doce com alho quando a Grã-Bretanha esteve na Espanha. A tática foi utilizada como um disfarce para camuflar a presença dos britânicos no país alheio, e assim, o cheiro da respiração ficar igual a dos espanhóis.


4 – Vacas sendo pintadas


Durante a Segunda Guerra Mundial, as cidades passaram a viver em contante escuridão, e a falta de energia era mais um problema para os moradores de países em guerra. Porém, como forma de evitar acidentes com motoristas que faziam viagens durante a noite, muitos fazendeiros e moradores começaram a pintar as vacas com listras brancas com o objetivo de fazer com que elas não fossem atingidas.


5 – Botas com marcas dos pés


Ao invés de usarem sapatos com solas normais, os britânicos criaram uma forma de sapato que chega a ser bizarra. Eles criaram calçados com solas que tinham o formato das plantas dos pés. Esse truque foi utilizado quando a Grã-Bretanha invadiu o Japão. Para evitar deixar marcas de pegadas de sapatos ao desembarcar dos barcos, eles deixavam apenas as impressões das plantas dos pés.


6 – Tanques de guerra falsos


Os tanques de guerra, também conhecidos como “blindados” ou “carros de combate”, são usados durante operações de guerra, já que o local reúne um sistema de armas. Durante a Segunda Guerra Mundial, uma das táticas usadas pela Grã-Bretanha para despistar os soldados alemães foi colocar, em lugares estratégicos, tanques de guerra falsos que serviam como iscas. Os blindados eram colocados em grande quantidade nos locais preparados para que pudessem ser vistos do céu.


7 – Produtos feitos com pelos de cachorro


Até mesmo os cães foram usados como “truque” pelos britânicos, porém, ao invés de usar os cachorros por completo, apenas seus pelos eram aproveitados. O objetivo é impressionante: fazer produtos, como meias, para os soldados. As raças Poodles, oriunda da França e Pequinês, originária da China, foram as mais usadas.


O que você achou dessas táticas utilizadas pelos britânicos? Deixe abaixo o seu comentário.


 

FONTE: Fatos Desconhecidos

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Curiosidades

Curiosidades

Blog/coluna A curiosidade é a capacidade natural e inata da inquiribilidade, evidente pela observação de muitas espécies animais, e no aspecto dos seres vivos que engendra a exploração, a investigação e o aprendizado.
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium